Home » Dicas » Termômetro de testa é confiável? Tire todas suas dúvidas sobre o assunto!

Termômetro de testa é confiável? Tire todas suas dúvidas sobre o assunto!

Independente de qual seja a fase da vida, todo ser humano já utilizou ou irá utilizar um termômetro para medir a temperatura corporal. Até então, a maioria das famílias recorriam ao termômetro de mercúrio. Porém, desde que a Anvisa proibiu a comercialização deste produto, a população brasileira vem buscando por novas alternativas. Então, é neste momento que surgem as dúvidas: o termômetro de testa é confiável? Qual é a melhor opção?

Portanto, neste texto você irá encontrar informações bastante úteis sobre os diversos modelos de termômetros, vantagens e confiabilidade de cada um deles, em especial, o termômetro de testa. Descubra agora mesmo como substituir o velho medidor de mercúrio de forma segura.

Termômetro de testa: como funciona?

Antes de saber se o termômetro de testa é confiável, é importante entender como esse medidor funciona na prática. Desenvolto de uma tecnologia altamente moderna, o aparelho utiliza-se do recurso infravermelho, que permite medições rápidas. 

Para ter uma noção, é possível ter a temperatura do corpo, do ambiente ou de um líquido em apenas três segundos. Isso, se tratando de uma maneira eficiente de medição.

Outro detalhe importante de se mencionar, é que o aparelho atua à distância. Ou seja, não há contato entre o termômetro e o indivíduo. Basicamente, é necessário que ele seja apontado para a testa. 

Exatamente por esse motivo, causa estranheza, especialmente por parte de mães e pais que querem ter esta informação de forma precisa sobre seus filhos.

Então, vamos ao que interessa!

O termômetro de testa é confiável?

Essa é, com toda certeza, a dúvida que não quer calar! Porém, a resposta é positiva. Por utilizar-se de um recurso bastante moderno e tecnológico, a medição da temperatura, mesmo que à distância, é confiável e recomendada pelos especialistas da saúde – utilizado, inclusive, como um dos produtos hospitalares. 

Para quem está em contato diretamente com crianças e bebês, essa é, inclusive, a melhor opção. Uma vez que os termômetros de axila, atrapalham o sono, geram irritação nos menores e nem sempre traz resultados precisos, já que as crianças e bebês se movimentam o tempo todo e o aparelho precisa estar em contato com a pele.

Isso define que, se usado de maneira correta, pode ser um grande aliado da população brasileira, especialmente, em momentos em que o ser humano precisa descobrir se está ou não com febre. 

Pontos positivos do termômetro de testa

Para trocar o aparelho que você tem em casa por um modelo novo no mercado, é necessário que haja muitas vantagens, não é mesmo? Felizmente, o termômetro de testa é confiável e cumpre com alguns outros requisitos, como:

  • É de fácil utilização: quando a temperatura está alta o medidor notifica com uma luz vermelha, já quando o oposto acontece, e os números são baixos ou normais, a luz é verde;
  • Baixos riscos de manutenção: quando um mesmo aparelho tem contato com a pele de diversos indivíduos diferentes, deve haver uma higienização rigorosa – especialmente, se tratando de produtos Hospitalares. Já, se referindo ao medidor de testa, seu uso é restrito a uma luz que pode facilmente ser mirada à distância para a testa. Dessa forma, não havendo contato com o corpo humano, menores são as chances de contaminação;
  • Praticidade: como dito anteriormente, o resultado da medição com o termômetro de testa fica disponível em apenas três segundos. Além disso, pode ser utilizado enquanto o indivíduo dorme, no caso de crianças. Não exigindo, assim, uma grande dedicação para manutenção do equipamento. 

Bom, agora, com essas informações, provavelmente, você tenha eliminado todas as suas dúvidas e esteja pronto para tomar a decisão sobre qual termômetro você pode e deve ter em casa. 

Compartilhe esse conteúdo com amigos e familiares para que eles também possam tirar essa pulga que existe atrás da orelha sobre o medidor de testa. Clique aqui e faça isso automaticamente.