Home » Dores » Exercícios fisioterapêuticos para fibromialgia

Exercícios fisioterapêuticos para fibromialgia

A fibromialgia é uma condição clínica incapacitante que gera desconforto e dor nos pacientes. Além disso, prejudica as atividades do cotidiano e diminui a qualidade de vida dos que sofrem com esse problema. Muitos se queixam também de perda da vitalidade e desenvolvem problemas emocionais concomitantes ao distúrbio.

Como se trata de uma doença crônica, é imprescindível instituir medidas paliativas e preventivas para que o indivíduo suporte conviver com essa condição ou desenvolva barreiras para prevenir complicações em longo prazo.

O controle da fibromialgia deve ser feito de forma multidisciplinar, com especial atenção ao fisioterapeuta, que poderá instituir medidas terapêuticas para amenizar a dor e fortalecer a musculatura.

Por isso, se quiser saber como o fisioterapeuta pode ajudar no tratamento da fibromialgia, fique por aqui e entenda seus propósitos!

Afinal, o que é fibromialgia?

Trata-se de uma inflamação crônica que se desenvolve nos músculos e dificulta a movimentação dos membros, causando dor nos indivíduos acometidos. Suas causas são diversas e podem se relacionar a problemas domésticos ou traumas decorrentes de acidentes automobilísticos.

Ademais,  a fibromialgia pode ser consequência de uma doença articular, em especial as de componentes autoimunes em que ocorre uma exacerbação na liberação de proteínas inflamatórias que intensificam o problema.

Além das dores no corpo, os pacientes podem apresentar cansaço, alterações no sono, problemas emocionais provenientes da falta de efetividade dos medicamentos, dentre outras manifestações.

Quais são as estratégias de cuidado para esse doente?

A fibromialgia pode ser tratada com medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios que diminuirão a sensação dolorosa e o desconforto durante a execução de movimentos do cotidiano.

Todavia, essas medicações podem causar reações adversas nos pacientes e seu uso em longo prazo pode gerar intolerância do indivíduo, necessitando de aumento gradativo na dosagem do medicamento ou substituição por outras ferramentas farmacológicas.

Devido a esse inconveniente, muitos profissionais clínicos têm investido em estratégicas não medicamentosas e que podem ser instituídas para aliviar os sintomas desconfortáveis da fibromialgia.

Quais são os exercícios fisioterapêuticos para fibromialgia?

Os exercícios de fisioterapia são indicados para fortalecer a musculatura, garantir condicionamento físico e aperfeiçoar as movimentações ora perdidas com a atrofia dos membros superiores e inferiores.

Além disso, outras modalidades podem ser aplicadas tais como hidroterapia, ultrassom terapêutico, laserterapia dentre outras opções disponíveis. A hidroterapia promove relaxamento da musculatura, enquanto a terapia ultrassônica diminui a quantidade de mediadores inflamatórios.

Na nossa clinica e fisioterapia Cambui, você encontra todos os aparelhos para aplicação de hidroterapia. Clique no link acima, para conhecer os nossos serviços!

Porém, são técnicas que não podem ser utilizadas continuamente, devendo ser associadas com outras estratégias para intensificar o controle dos sintomas.Contudo, os exercícios que fortalecem a musculatura tendem a ser mais eficazes.

Nesse sentido, cabe ao profissional identificar o grau de incômodo do indivíduo, a intensidade dolorosa da fibromialgia, outras comorbidades, uso frequente de medicamentos e outros fatores que influenciarão nesse tratamento.

A fibromialgia é uma condição clínica incapacitante que causa desconforto e diminui significativamente a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. As estratégias de controle e tratamento são diversas, no entanto, os exercícios fisioterapêuticas tem apresentado melhora dos resultados clínicos.