Home » Dicas » Bandagem Elástica E A Utilização Na Fisioterapia – Descubra Tudo Sobre!

Bandagem Elástica E A Utilização Na Fisioterapia – Descubra Tudo Sobre!

A bandagem elástica adesiva, é hoje, bastante utilizada em tratamentos de fisioterapia.

Isso porque, sua técnica bem simples, auxilia no alívio das dores. Ao mesmo tempo que, combate as lesões.

Proporcionando assim, a atletas ou pessoas comuns lesionadas, maior conforto e melhorias.

Sem que seja preciso, o uso de medicamentos. Uma vez que, estes em uso prolongado podem causar efeito colaterais no organismo.

No entanto, o uso dessa bandagem elástica adesiva, precisa ser feita sob orientação médica.

Pois, modificam mecânicos motores básicos do corpo. Sendo assim, necessário um especialista para indicar a tensão, direção e tipo de corte para cada caso.

Logo, continue lendo este conteúdo e descubra mais sobre essa opção de tratamento!

O Que É Bandagem Elástica Adesiva?

Conhecida por muitos, como Kinesio Taping, essas bandagens são funcionais e servem para uso fisioterapêutico.

Em geral, utilizadas em conjunto com outras técnicas. Levando assim, o tônus muscular a se readequar e a uma estabilização das articulações.

Tudo isso, é feito através de seu uso na correção da postura, ou seja, do posicionamento físico.

Buscando resultados como a limitação seletiva de movimentos e sua amplitude, e a analgesia.

Criada em 1973, Dr. Kenzo Kase foi o seu responsável, que a idealizou como uma bandagem funcional constituída de 100% fibras de algodão.

Podendo assim, chegar até cerca de 140% de elasticidade. Sendo assim, grudadas na pele por meio de uma cola especial sem o látex.

Logo, permitindo uma respiração cutânea sem criar atritos com a pele de pacientes.

Por ser feita de um material elástico, a bandagem não limita o movimento do corpo, diferenciando-se das bandagens rígidas.

Além disso, uma outra vantagem desse acessório medicinal, é que ele é à prova d’água.

Desse modo, não existe a necessidade de retirada para banhos ou atividades que envolvam água.

Também, sendo utilizada mesmo durante práticas físicas. Sem que haja estragos para a sua durabilidade, que vai de 3 a 5 dias.

Em geral, elas são vendidas em rolos de 5 metros por 5 centímetros, em cores variadas. Mas, sem que tenha um motivo para tal.

1. Para Que Serve A Bandagem Elástica Adesiva?

O Que É Bandagem Elástica Adesiva

De maneira resumida, podemos definir que seu objetivo é fornecer suporte aos tecidos moles.

Mas, de forma externa sem que haja limitações em suas ações. Promovendo, constantes estímulos mecânicos por meio da pele.

Logo, receptores cutâneos sensíveis são ativados pelas alterações desse sistema articular, se comunicando com os tecidos profundos.

Por fim, diminuindo a pressão sobre o nocioceptores, da dor e melhorando a circulação da linfa de forma livre.

2. Qual A Sua Importância Fisioterapêutica?

Quando um tratamento fisioterapêutico é iniciado, pode-se ser a feita a utilização desse acessório como auxílio.

Ou seja, ele não é um tratamento único. Pois, é realizado junto com outras técnicas, sendo a cinesioterapia a maior delas.

Dessa foram, a bandagem elástica adesiva, serve para prevenir e reabilitar casos de lesões.

Gerando assim, uma maior segurança aos pacientes na execução de movimentos, segundo seus relatos.

Por esses motivos, ela é muito utilizada em diferentes casos relacionados a fisioterapia. Seja ela então:

Para a saúde da mulher;

  • Esportiva;
  • Pediátrica;
  • Musculoesquelética;
  • Neurológica;
  • Geriátrica;
  • Reumatológica;
  • Entre outras.

Benefícios E Aplicações Mais Comuns Da Bandagem

Aplicações Mais Comuns Da Bandagem

Portanto, esse acessório realiza uma compressão das articulações, pele e músculos.

Estimulando assim, terminações nervosas para a emissão de sinais ao cérebro, que irá produzir uma resposta.

Desse modo, abaixo irei listar os principais benefícios na utilização de bandagem elástica adesiva.

  • Alivio das dores e diminuição dos espasmos musculares;
  • Melhora a circulação linfática e sanguínea;
  • Atua na sinergia das contrações musculares;
  • Correção de desalinhamentos nas articulações;
  • Estimula a consciência corporal e propriocepção;
  • Amplitude de movimentos são melhoradas;
  • Diminui hematomas, edemas e inchaços;
  • Melhora a postura corporal;
  • Auxilia problemas de coluna e/ou hérnia de disco;
  • Fortalece articulações e membros.

1. Quais Os Principais Motivos Para Aplicação?

Geralmente, as aplicações mais comuns destinam-se aos três tópicos que iremos abordar a seguir.

  1. Reposicionamento das Articulações: sendo necessária para deixar as articulações neutras, sem a realização de movimentos durante seu uso. Existem casos onde deixa se o mais próximo de neutro, pois, não se conseguem chegar nele ou não é o objetivo do tratamento.
  2. Drenagem Linfática: muito usada em pacientes com desordens nos sistemas linfáticos e/ou circulatórios. Bem como, para tratar edemas de diversos tipos, e linfedemas.
  3. Alteração da Ativação Muscular: existindo dois métodos de aplicação, um que inibe e outro que ativa os músculos. Sendo assim, “aplicação de distal para proximal” para a inibição de contrações musculares, servindo para dores agudas e inflamações. E, “aplicação de proximal para distal” quando deseja-se estimular contrações musculares em casos de condições crônicas,

2. Bandagem Elástica Para Prevenir Lesões:

Mas, nem sempre é preciso já ter um quadro clínico para utilização deste acessório médico.

Pois, elas também são utilizadas como medida preventiva. Ou seja, em casos de lesões crônicas para que não haja agravamento.

Já que, muitos pacientes se curam e não apresentam mais sintomas ou restrições, estando reabilitados.

Contudo, para situações onde haja instabilidade e risco. Sua utilização é necessária, e muito comuns em atletas.

Logo, sua utilização serve para estabilizar a região em que estará sendo aplicada.

Impedindo assim, que determinados movimentos possam ser lesivos. Mas, devem ser aplicadas apenas pelo profissional que possui sua técnica.

Além disso, é importante que este profissional conheça melhor seus pacientes e entenda exatamente sua lesão ou risco de uma.

Por fim, sabe-se que ela não é recomendada em casos de alergias cutâneas ou em alguma fase de processo de cicatrização.

Conclusão

bandagem elástica adesiva conclusão

Em resumo, a bandagem elástica adesiva é um acessório utilizado na medicina fisioterapêutica.

Seja como medida preventiva, ou para reabilitação de lesões. Mais comumente usada para casos de:

  • Drenagem linfática;
  • Reposicionamento das articulações;
  • Alteração da ativação muscular.

Para o caso de suas cores, elas não possuem diferença em sua tensão. Mas, muitos acreditam que elas influenciam pela terapia das cores.

Que, fala sobre como cada cor emite uma vibração única e própria, com propriedades particulares.

Influenciando então, no de forma não apenas física, como também no emocional de quem a usa.

Ainda possui alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe-a nos comentários para que possamos esclarece-la!


Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.