Home » Dicas » Descubra quais os alimentos adstringentes e sua importância

Descubra quais os alimentos adstringentes e sua importância

alimentos adstringentes

Muito se fala dos alimentos que danificam nossos dentes e influenciam no desenvolvimento da placa bacteriana, gengivite, cárie e tártaro. O que poucos sabem é que existem alimentos capazes de potencializar a limpeza da arcada dentária e prevenir a incidência de manchas, danos como lesões, erosão do dente e até mesmo de doenças.Esses alimentos são chamados adstringentes, ou detergentes, e atuam na remoção da placa bacteriana por meio da mastigação, impedindo alterações na coloração do dente que só podem ser revertidas através do clareamento dental.

Tendo em vista que uma boa alimentação é um dos principais pilares da saúde e do bom estado do organismo, não seria diferente com a boca. A alimentação é essencial para o fortalecimento dos dentes, e para isso, ela deve ter em sua composição alimentos adstringentes. Um dos exemplos mais conhecidos desses alimentos é a maçã, porém a uma série de outros exemplos, como as castanhas, certas frutas e o iogurte natural. Veja a seguir alguns exemplos:

Quais são os alimentos adstringentes?

Vegetais crocantes

A ação de mastigar certos tipos de alimentos pode ser capaz de ajudar na limpeza bucal, é o exemplo dos vegetais crocantes e de consistência dura. Alguns exemplos desses alimentos são o aipo, o brócolis, o pepino, a acelga, a cenoura e a couve-flor. Isso se deve ao fato de que esses vegetais, através de sua firmeza, ajudam a remover restos de alimentos e bactérias acumuladas durante sua mastigação.

Frutas ricas em fibra

As frutas fibrosas também ajudam bastante na remoção dos resíduos presentes nos dentes, atuando de forma semelhante aos vegetais crocantes. Também atuam na mastigação e potencializam seu efeito por meio da fricção. São exemplos a maça, o kiwi e a pera.

Durante a mastigação, as frutas que são ricas em fibra atuam na produção de saliva, fazendo com que o pH diminua a acidez da boca, diminuindo a quantidade de bactérias.É dessa forma que a ingestão desses alimentos previne o desenvolvimento de doenças.

Nozes e castanhas

As nozes e castanhas como a castanha-do-pará e a castanha-de-caju, por exemplo, também auxiliam na limpeza do dente pelo forte atrito, auxiliando na retirada da placa bacteriana existente acima do esmalte.

Melancia e limão

A melancia é uma fruta que é majoritariamente composta por água, contudo, assim como a água também atua para uma melhor limpeza dos dentes, também essa fruta. Além disso, ela incita a produção de saliva.

Já o limão é uma fruta de alta capacidade adstringente e bactericida, possuindo uma relevante importância na eliminação das bactérias instaladas na cavidade oral. Além disso, esse alimento é responsável por proporcionar frescor ao hálito.

Iogurte natural e chiclete sem açúcar

O iogurte natural atua na diminuição dos níveis de gás sulfídrico, um dos fatores que influenciam na halitose, também sendo considerado um alimento adstringente. Já o chiclete sem açúcar, ao contrário do que muitos pensam, não possuem os efeitos negativos que os chicletes açucarados trazem, muito pelo contrário, os benefícios são grandes. O chiclete sem açúcar, quando é mascado, faz com que a sujeira que localizada no esmalte grude e seja removida junta ao cuspir.

Boa higienização bucal

Lembre-se que o consumo de alimentos adstringentes não substitui uma boa escovação e uma boa higienização bucal. A escovação deve ser feita ao menos três vezes ao dia, logo após acordar, após refeições e antes de dormir. Tenha preferencia por escovas macias e creme dental com flúor, realizando movimentos leves e precisos, sem forçar os dentes. Movimentos fortes são capazes de causar lesões nas gengivas e influenciam a incidência de infecções.

O uso do fio dental é essencial para que haja a remoção das bactérias e dos resíduos que continuaram após a escovação. O uso do enxaguante bucal também não deve ser deixado de lado, já que atua justamente contra os aspectos químicos que favorecem a proliferação das bactérias.

Portanto, para obter uma limpeza ainda mais profunda, visite a clínica odontológica regularmente para que os atuais problemas sejam identificados e tratados, assim como possíveis doenças podem ser evitadas e tratadas logo no início. Mantenha uma boa higienização bucal intercalada com uma alimentação saudável composta de alimentos adstringentes, é assim que a melhora da saúde bucal será alcançada e mantida.